O que fazer na Ilha Grande

Consegue se imaginar "voando" num speed boat, cercado pelo verde do mar e da Mata Atlântica, o vento no rosto? Pois esse será apenas o começo de dias sensacionais em contato com um dos maiores paraísos brasileiros. A Ilha Grande é destino para ser vivido intensamente, e não apenas em um passeio de bate e volta saindo de Angra dos Reis. Invista em um feriado prolongado ou em uma semana de férias nessa ilha quase intocada. Só assim você entenderá o quão espetacular é essa porção de terra na Costa Verde do Rio de Janeiro. 

O que fazer na Ilha Grande

Consegue se imaginar “voando” num speed boat, cercado pelo verde do mar e da Mata Atlântica, o vento no rosto? Pois esse será apenas o começo de dias sensacionais em contato com um dos maiores paraísos brasileiros. A Ilha Grande é destino para ser vivido intensamente, e não apenas em um passeio de bate e volta saindo de Angra dos Reis. Invista em um feriado prolongado ou em uma semana de férias nessa ilha quase intocada. Só assim você entenderá o quão espetacular é essa porção de terra na Costa Verde do Rio de Janeiro. 

A Ilha Grande deixou de ser um destino sem infraestrutura, onde os viajantes passavam dificuldade há alguns anos. Hoje a região consegue equilibrar a preservação ambiental e o turismo, sem perder as características de um tesouro repleto de beleza natural. Passar alguns dias na ilha é para quem deseja descansar e relaxar. Bastará um passeio de lancha pela Praia do Caxadaço, uma onda em Lopes Mendes e uma cerveja gelada com peixe frito ao pôr do sol na Vila do Abraão para que você volte revigorado e pronto para a próxima. 

É hora de recarregar as energias! E nada melhor para começar do que mais de uma centena de praias. Sim! Estamos falando de uma ilha com 193 km² de área. O que mais esperar, então, se não um número absurdo de praias? E o melhor da Ilha Grande é saber que ela oferece porções de areia para todos os gostos. A região de Angra dos Reis não presenteia os turistas com apenas uma ilha, mas sim várias! Por isso, ao se hospedar na Ilha Grande, visite outras ilhas vizinhas, tão espetaculares quanto. Algumas bem pequeninas, como as Botinas, outras de grande porte, como a Gipóia. O importante é saber que elas sempre serão espetaculares.  

Você poderá se aventurar em trilhas pela Mata Atlântica rumo a vários paraísos (por alguns minutos ou muitos dias), curtir intensamente os passeios de lancha que agilizam a viagem (ainda são divertidos e levam a várias praias em apenas um dia) ou mesmo aproveitar o ritmo tranquilo dos passeios de escuna. O modo como você chegará é apenas um detalhe. O importante mesmo é visitar tantas praias quanto for possível. No caminho, não deixe de ficar atento às pequenas cachoeiras, como a Cachoeira da Feiticeira, aos riachos e até algumas ruínas históricas, especialmente o Aqueduto e as Ruínas do Lazareto. Sem falar nos mirantes que oferecem paisagens espetaculares da Ilha Grande, com destaque para o da Praia do Aventureiro. Veja mais sobre praias na Ilha Grande e trilhas.  

O passeio padrão para quem visita a ilha é mesmo conhecer praias. E se você faz a linha de turista que só gosta de grandes cidades cercadas de muito concreto, melhor procurar outro destino. Não há muita oferta de atrações na Ilha Grande além das praias. Para sermos honestos, tudo gira em torno delas. Não há cinemas, teatros, museus, shoppings (mas tem algumas lojinhas interessantes), grandes construções ou monumentos. Mas se você é um apaixonado pelo conjunto de mar e areia, certamente será muito feliz. E como ninguém é de ferro, depois de um dia de passeio, nada como experimentar uma comida deliciosa acompanhada de uma boa cerveja gelada. E isso não falta na Ilha Grande! Foi-se o tempo em que a ilha tinha pouca oferta de restaurantes. Agora é possível curtir a culinária de vários países, algumas até bem requintadas e, claro, saborear tudo o que gira em torno dos peixes e frutos do mar que chegam fresquinhos à ilha.

À beira da praia, você será feliz sentado em uma cadeira com pé na areia enquanto observa o anoitecer. Nada melhor para fechar o dia. Mas se baladas são essenciais à sua felicidade, há ainda como esticar a noite! Seja em uma festinha com forró ao vivo ou mesmo caminhando para ver a vida passar na Vila do Abraão. E a vida passa bem na Ilha Grande. Muito bem! Veja mais sobre onde comer, compras, vida noturna e algumas dicas essenciais para não passar aperto na ilha. 

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin
Share on pinterest